quarta-feira, novembro 29, 2006

Michael Stone: Pedrado?



Vale a pena aumentar e ler!! Resumindo, este amigo é um paramilitar protestante/leal a sua Majestade, Rainha de Inglaterra, condenado por homicídios, etc. Não cumpriu a pena completa, porque como outros "do outro lado", ligados ao IRA, foi libertado em 1998. Nessa altura, com o "Good Friday Agreement" e o processo de paz, os presos "políticos" foram soltos.
Eis que agora este jovem se lembra de entrar pelo parlamento dentro em Belfast, parlamento esse que está suspenso há anos porque os partidos políticos não se entendem quanto a uma governação partilhada (unionistas/loyalistas), transportando consigo um machado, facas, uma imitação de arma de fogo, bombas, enfim, tudo a que deitou mão com vista a matar Gerry Adams e Martin McGuinness, do partido Sinn Féin, que muitos associam ao IRA.
Esses e outros políticos estavam no parlamento em conversações que estão a ter lugar para reatar o processo de paz e a governação directa da Irlanda do Norte (não como actualmente a partir do parlamento de Westminster em Londres).
De salientar que apesar de não estarem a fazer nenhum, todos os políticos da Irlanda do Norte que tinham assento parlamentar em Belfast antes de este ser suspenso, têm sido pagos como se estivessem em funções ao longo destes anos todos. Escandalosas são também as despesas apresentadas (deslocações, etc.) que chegam em alguns casos a ser duas ou três vezes os chorudos ordenados!
Voltando ao assunto, Stone foi impedido a tempo e aguarda agora julgamento. Entretanto, antes do acto tresloucado (detesto a palavra), enviou a seguinte carta a um jornal:













terça-feira, novembro 28, 2006

Avé Cesar iny!


Soube por uma amiga. Como muitos na blogosfera, aposto, aqui fica a minha homenagem ao poeta. Não é que acompanhasse a sua obra, mas algo me ficou desse ensino secundário em que li Cesariny. Menos sei da sua pintura, mas julgo que era daqueles "gajos fora" que não precisam de drogas para o serem...
Surreal, como algumas pessoas que conheço!


Todos por Um

A manhã está tão triste/
que os poetas românticos de Lisboa/
morreram todos com certeza/

Santos/
Mártires/
e Heróis/

Que mau tempo estará a fazer no Porto?/
Manhã triste, pela certa./

Oxalá que os poetas românticos do Porto/
sejam compreensivos a pontos de deixarem/
uma nesgazinha de cemitério florido/
que é para os poetas românticos de Lisboa não terem de/
recorrer à vala comum/

Duas num milhão




Fresquinhas, saídas do banco hoje. Ainda suei para as arranjar. Pelos vistos já há quem as venda no ebay. Estas ficam para mais tarde recordar! Até sempre Best!

segunda-feira, novembro 27, 2006

Alimentar vícios ou esturricar a doença?


Heroin addicts should be prescribed the drug on the NHS [Serviço Nacional de Saúde Britânico] to stop them committing crime, a senior police officer has said.

(Ele deve tomar umas coisas também! Está também a olhar pela vida dele!)

SERÁ QUE TUDO NESTE MUNDO SE MEDE PELA BITOLA ECONOMICISTA??
Haverá outras vantagens, mais fortes, para esta medida ser tida como válida? Serão os arrumadores o maior "incómodo" que a droga provoca na sociedade portuguesa?
Não dará a medida azo a reclamações por parte dos consumidores de cocaína, ecstasy e afins?
A decisão é polémica, certo, mas temos que encarar o mundo como ele é, e não como gostavámos que fosse...


Nottinghamshire Police's Deputy Chief Constable Howard Roberts told the Association of Chief Police Officers' conference on drugs it would cost £12,000 a year for each addict to be treated this way.

But he said the treatment would be cost-effective in the long run because users steal at least £45,000-worth of property a year to feed their addiction. Currently
(Advertisement)
addicts are prescribed the heroin substitute methadone.

Mr Roberts stressed his comments, made at the event in Manchester, were a personal view rather than Acpo policy.

But as vice chairman of the Acpo drugs committee his comments were immediately welcomed by leading drugs charity DrugScope.

"We should actively consider prescribing diamorphine, pharmaceutical heroin, to those seriously addicted to heroin as part of a treatment programme for addiction," he said.

"My motives for making such a statement are frankly this: there is an undeniable link between addicted offenders and appalling levels of criminality, as heroin and crack cocaine addicts commit crime from burglary to robbery, to sometimes murder, to get the money to buy drugs to satisfy their addiction. The resulting misery to society is huge."

Home Office research showed heroin addicts commit 432 offences a year, he said.

"Therefore the logic is clear, I suggest, that we take highly addicted offenders out of committing crime to feed their addiction, into closely supervised treatment programmes that, as part of the programme, can prescribe diamorphine," said Mr Roberts.

DrugScope chief executive Martin Barnes said: "We support calls for the extension of heroin prescribing, which for some problem drug users can be an extremely effective form of drug treatment.

"It can have immediate health benefits for the drug user and can for some be the best route to becoming drug-free.

"There is compelling evidence that heroin prescribing, although more expensive than some forms of drug treatment, is cost-effective in reducing drug-related crime and other costs to communities."
in http://uk.news.yahoo.com/22112006/356/police-chief-says-give-heroin-addicts.html

domingo, novembro 05, 2006

"Remember,remember the 5th of November" - Guy Fawkes






Na minha terra queima-se o "Judas", por outras razões e noutra altura do ano. Aqui na Irlanda não se celebra, mas este pequeno apontamento pretende relembrar esse homem audaz que falhou na tentativa de rebentar com o Parlamento Britânico. Relembra-se hoje em Inglaterra, (não tenho a certeza àcerca da Escócia e Gales) o longínquo ano de 1605.
Em Portugal, nas escolas, o tema costuma ser abordado ao de leve nas aulas de Inglês, mas infelizmente não se costuma ir ao fundo da questão. Não o vou fazer aqui também, por falta de tempo e porque os interessados podem sempre descobrir mais com um click. Admira-me não ser uma coisa badalada na Irlanda do Norte, já que historicamente este episódio tem tudo a ver com Católicos e Protestantes...
Passado o Dia das Bruxas, é mais uma desculpa para fazer fogueiras, deitar foguetes e beber uns copos...
As voltas que a vida dá... e pensar que se a pólvora tivesse explodido tanta coisa seria diferente...incluindo o destino desta nação/província, conforme os gostos. Até me dá um nó na garganta...

sexta-feira, novembro 03, 2006

Halloween




Não tive oportunidade de assinalar esta efeméride na altura certa, cá fica com 3 dias de atraso.
Pois aqui os miúdos compram foguetes de todo o tamanho e espécie, mesmo sendo ilegal (assim como a pinga, apesar de só se poder comprar aos 18, é vê-los todos moca aos 14,etc), pregam partidas de mau gosto e pouco mais.
A polícia nesta noite não tem mãos a medir. Até eu tive que lhes ligar por ter passado por putos a atirar "foguetes" contra carros que passavam, inclusivé o meu; valeu-me a perícia na condução!:)
Entretanto mais infeliz e sério, os paramilitares deixaram as bombas (a maioria) e dedicam-se agora a incendiar grandes superfícies, tentando pôr em causa o processo de paz que parecia finalmente estar a avançar. Desta vez, há 2 dias em Belfast. O pessoal fica desempregado, ninguém ganha com isso...só porque as empresas são inglesas ou coisa parecida...

Notícia de última hora: Acidente doméstico




Não vou ser catastrófico e dizer que podia a esta hora estar morto se não fosse uma ponta de sorte; isso aconteceu na Austrália e já prometi para breve o relato.
De qualquer modo, dizem que o local onde acontecem mais acidentes é em casa, e cá está mais um. Das poucas vezes que me esmero para cozinhar algo que não seja congelado, rebenta-me a "pingadeira", estilhaça, para ser mais correcto. Nada contra os Chineses, mas seguramente que foi feita nesse país que é a fábrica do mundo.
Não é que eu cozinhava um bom naco de porco no forno bem quentinho, e mais tarde quando ia a por as batatas, pimba!Choque térmico e lá vão cacos a passarem-me ao lado. Sobrevivi com uma pequena queimadura de 1º grau no indicador direito, foi só...
Se a Ryanair não tivesse um limite de peso tão mesquinho,já tinha trazido uma pingadeira a sério de Portugal, mesmo ali ao lado, de Barcelos.
Na foto, a "lesionada" e a "suplente".

quinta-feira, novembro 02, 2006

The Best??




Nunca vi este senhor jogar,nem mesmo em gravações me recordo de o ver, mas acredito que foi dos grandes. Sobre a vida pessoal haveria muito a especular, qual Jardel ou Dani!
Este homem era mulheres, alcool, alcool, mulheres. Transplante do fígado e continuou a beber desalmadamente! O filho é um trengo que se acha gente e que segue as pegadas do pai. De qualquer maneira a intenção deste post é dar a conhecer a decisão do Ulster Bank de lançar uma série limitada (1 milhão) de notas de £5 com a cara de George Best lá mais para o final deste mês, coincidindo com o primeiro aniversário da sua morte.
Pelos vistos será uma fotografia com a camisola do Manchester United e outra com a da selecção da Irlanda do Norte. Também o até há pouco Belfast City Airport foi rebaptizado com o nome do futebolista.
A frase mais famosa de George Best é sem dúvida: "I spent a lot of money on booze, birds and fast cars. The rest I just squandered.", o que ilustra bem a sua postura na vida; não menos interessantes são as seguintes citações: "I used to go missing a lot... Miss Canada, Miss United Kingdom, Miss World."; "I was in for 10 hours and had 40 pints - beating my previous record by 20 minutes." e "I've stopped drinking, but only while I'm asleep."
Fui gozado recentemente por pretender tirar um curso de treinador de futebol na Irlanda do Norte, onde o "futebol" deles é mais jogado com as mãos do que outra coisa, mas afinal a Irlanda do Norte ainda produziu alguns grandes valores da modalidade!!
Acrescento ainda para quem não sabia que diversos bancos na Irlanda do Norte têm o poder de emitir notas (libras) próprias. Temos portanto notas de £5, £10, £20, etc, não só do Bank of England (as "normais"),do Banco da Escócia que cá vêm parar, mas também do Ulster Bank, Bank of Ireland, Northern Bank, First Trust, etc.
Em nota de rodapé, o meu pesar por a selecção da Irlanda do Norte ser tida como uma "selecção de protestantes" e não ser apoiada de todo pelos Católicos que apoiam a da República da Irlanda. Não vale a pena agora estar a expôr a minha visão sobre o assunto... Diga-se apenas que é considerado o "greatest British-born football player"
Para ilustrar o vandalismo que por aqui se vive, já que não há nada de mais interessante para a juventude fazer: Noite de Halloween, estádio de futebol local: espalharam pelo campo grades de garrafas de vidro com as respectivas garrafas; muitas partidas e semi-enterradas; imagine-se o trabalho para limpar e o perigo que apresenta para os jogadores. Isto, um campo/estádio da divisão raínha da Irlanda do Norte!!
Perdoa-me George, por não ter tido tempo para ir ao teu funeral. Hugo, chegaste 1 ou 2 dias tarde de mais!!

A minha fotografia
Nome:
Localização: Ireland

"O mito é o nada que é tudo/ O mesmo sol que abre os céus/ É um mito brilhante e mudo..." Pessoa. Assim sou eu...

Powered by Blogger