domingo, novembro 25, 2007

Buena Vista Social Club


Pois meus senhores, falemos um bocadinho de cultura. Digam o que disserem que os verdadeiros já morreram e tal e coisa, eu fui convidado a ir vê-los a Sligo, República da Irlanda, e gostei muito! Curti o pianista e o cantor acima da tudo, apesar os vídeos que filmei não lhes fazerem justiça (e a qualidade de som é má)! Não os publico porque têm mais de 100MB cada um, apesar de terem entre 4 a 6 minutos, talvez mais tarde dê a volta a isso...
Noutro dia vi também uma peça de teatro com música sobre apartheid - Truth in Translation - seguida de discussão com o elenco, que excedeu as minhas altas expectativas! Investiguem que vale a pena!

Homenagem


Aqui fica a pequena homenagem ao amigo Mómó, co-dono desta tasca, depois de noutro dia ter passado por esta kebab shop algures em Dublin.

sábado, novembro 24, 2007

Nomanisanisland,o cantor

Ontem, do nada, dei comigo a trautear esta música. Os anos que isto não terá já;não sei como me fui lembrar...excelente letra, e a melodia fica no ouvido.

Gene Loves Jezebel - Break The Chain

Para quem estiver interessado, pode ouvir aqui

It's just an illusion, a trick, a trick of the light
what you now see is really out of sight
It's dark, it's evil, possessive and kind
Something that you give me keeps me alive

Both ends burning, burning so bright tonight
And my world keeps turning, turning inside out

And I can't break the chain
I've gotta break the chain
I'm trying to break the chain
God help me break the chain

I'm winning, I'm losing before I start
I pull myself together as I fall apart
I'm wise, so foolish perceptive and blind
Something that kills me keeps me alive

Both ends burning, burning so bright tonight
And my world keeps turning, turning inside out

And I can't break the chain
I've gotta break the chain
I'm trying to break the chain
God help me break the chain

There's no rhyme no reason
to what I do
I just live my life before I lose
I give, I take, I throw it all away
Pick myself up and I start all over again

Both ends burning, burning so bright tonight
And my world keeps burning, turning upside out

And I can't break the chain
God help me break the chain
I wanna break the chain
please help me break the chain

domingo, novembro 18, 2007

A Cunha...

Perguntam-me com frequência: Quando regressas definitivamente para Portugal?
Cada vez mais percebo que a resposta é: Quando tiver bons contactos com Presidentes da Câmara e afins...
Não é que aqui e por todo o mundo as cunhas não existam, mas as pessoas ainda se safam pelo valor que têm!

quinta-feira, novembro 15, 2007

Frase deliciosa


"Zusammen ist man weniger allein."


Travei conhecimento com a frase aquando da minha visita à Alemanha no Verão passado.
É o título de um filme deste ano (e antes disso de um livro), no seu original "Ensemble c'est tout" e em inglês ficou "Hunting and Gathering".
O filme não vi ainda, mas é com a Audrey Tautou do Amélie,L'Auberge espagnole, Código de Da Vinci,etc.
O que interessa aqui é a beleza da frase em Alemão e a sua estética...a tradução é uma traição, mas aqui fica: Acompanhado/juntos está-se menos sozinho.

terça-feira, novembro 13, 2007

Branca é, galinha a põe


A prolixa BrancaToledo publicou no seu blogue aquilo que interpreto como uma homenagem a esta humilde casa, pelo que agradeço e retribuo.
Aqui no norte realmente é frio e húmido, as minhas articulações têm-me lembrado disso... mais húmido ainda depois do acidente dos canos que relatei!
O meu coração não deve ser assim tão frágil, mas digo depois; o exame por causa do sopro é para a semana:)
Para mim, das coisas mais bonitas na literatura é a "intertextualidade"; parabéns por isso! Também estiveste bem nos jogos de palavras...
Bem, uma pérola que merece ser aqui reproduzida na íntegra!

31.10.07
Ainda numa de asteriscos

Os meus dedos há muito deviam ter vindo a este asterisco. À saga peculiar do nomanisanisland, muito mais conhecido por o homem que não é uma ilha. Às vezes a gente inquieta-se com aquilo. Pensa que foi desta. Desta é que a saga se foi. Silêncio. Ainda respira? Muito silêncio. Mas depois, de vez em vez, lá vem uma notícia do norte. E a gente lê. E sorri e aprecia. Às vezes só pelo som da respiração. É que no norte faz tanto frio e o rapaz tem um coração tão frágil, tão apaixonado, que se lhe perdoa tudo. Até o silêncio, os despropósitos, a mania que corre mais que os outros todos e que não importa quantos são, ele só dá cabo de tudo. Até das saudades.
Este homem, que não é uma ilha, viveu em tempos memoriais numa casa com vista para a Ilha. Creio que é daí que lhe vem o nome. Mas nunca tal o ouvi dizer. São suspeitas do tempo que cruzávamos às nove horas ementas nocturnas. E eu também gosto de inventar rumores. Confesso.
Posted by Branca Toledo

P.S. Branca, interessante como se condensa tanta coisa em meia dúzia de linhas!
E o meu nome vem do facto de tudo no mundo, de uma ou outra maneira se entrelaçar, assim como acontece com as palavras nos teus posts...

DIY - Bricolage não é para mim


Segunda-feira não dei aulas, fui a uma acção de formação, cheguei a casa cedo, relaxei, trabalhei, decidi tentar arranjar um problema num dos radiadores no quarto de cima que ando há muito a tentar arrendar.
Com ferramenta emprestada tento desapertar e apertar umas simples porcas. Tinha bacia para apanhar a água que previsivelmente iria sair.
Problema na porca que não consigo voltar a apertar direito, a água cada vez mais quente e em maior quantidade; tento fechar todas as torneiras. Como há um tanque que armazena a água, há ainda muita por sair. Aproxima-se a hora de dar aula da noite. Não posso faltar.
Ligo a amigo para tentar ajudar-me, passando-lhe a batata quente já que tenho que ir a esta aula. Chego lá em cima da hora, e todas as ruas para a escola profissional estão cortadas porque alvejaram um polícia lá perto (o segundo na Irlanda do Norte numa semana, julga-se que por paramilitares).
Resultado, volto para casa porque a escola teve que fechar também. A água já está a pingar forte e feio do andar de cima para a cozinha em baixo. Estes tectos são tipo de madeira ou contraplacado, ou qualquer coisa barata do género. O tecto já estava emendado, possivelmente já algo do género se tinha passado com o anterior dono.
Pelos vistos os canalizadores já são difíceis de encontrar por cá, muito mais às 7.30 da noite!
Por milagre e intermédio da vizinha descubro um que morava bem perto e que não demorou muito. Em meia dúzia de minutos resolveu o problema e aproveitei para lhe fazer 10.000 perguntas sobre outros problemas menores da casa. Só levou £5!
Ainda há pessoas caridosas neste mundo...
Obrigado a ele, à vizinha, à Noreen e ao James!
Tenho um dedo pisado de novo por azelhice e não me vou aventurar a pintar a casa e a outras coisas necessárias na casa...voluntários?

Já ninguém quer saber dos profs...

Notícia de hoje no Público online. Notícia, mas não novidade... na sequência de outros posts sobre profs, só queria que exigíssem e remodelassem, mas que dessem condições também...

Os professores são dos profissionais com maiores índices de stress e de exposição ao risco, muito devido à indisciplina dos alunos, que tem aumentado bastante nos últimos anos, disse João Amado, professor da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra e autor de várias obras sobre indisciplina.

A minha fotografia
Nome:
Localização: Ireland

"O mito é o nada que é tudo/ O mesmo sol que abre os céus/ É um mito brilhante e mudo..." Pessoa. Assim sou eu...

Powered by Blogger