quarta-feira, abril 29, 2009

Pimba, Pimba (Lily Allen)

Aproveito para partilhar uma das músicas do momento por aqui. A menina até tem uma voz interessante, sonoridade agradável, mas como muitas das letras em Inglês que por aí andam, tem tudo para ganhar o rótulo de "PIMBA". Não se trata necessariamente de uma observação depreciativa... até o vídeo brinca um pouco com esse domínio...
Seja como for, all boils down to the fact that women are never happy! :)
Outros há que apreciam a beleza "oculta"...

Not Fair
Oh he treats me with respect
He says he loves me all the time
He calls me 15 times a day
He likes to make sure that I'm fine
You know I've never met a man who's made me feel quite so secure
He's not like all them other boys
They're all so dumb and immature

There's just one thing that's getting in the way
When we go up to bed you're just no good
Its such a shame
I look into your eyes I want to get to know you
And then you make this noise and its apparent it's all over

It's not fair
And I think you're really mean
I think you're really mean
I think you're really mean
Oh you're supposed to care
But you never make me scream
You never make me scream

Oh it's not fair
And it's really not ok
It's really not ok
It's really not ok
Oh you're supposed to care
But all you do is take
Yeah all you do is take

Oh I lie here in the wet patch
In the middle of the bed
I'm feeling pretty damn hard done by
I spent ages giving head
Then I remember all the nice things that you ever said to me
Maybe I'm just overreacting maybe you're the one for me
(...)

segunda-feira, abril 27, 2009

A visita

A li queixa-se aqui que o homem que não é uma ilha não tem tempo para uma visita sua. Eu não sei se é verdade ou mentira. Sei seguramente que o moço não terá tempo para uma visita da li e prestar-lhe a atenção que merece. A li sabe bem que o rapaz é um perfeccionista, tudo tem de ser perfeito e o planeamento limpo. A prática já é outra história. Mas imagino que ao man deve fazer uma confusão enorme a prespectiva de ter um amigo a visitar e não poder ser o anfitrião que deseja. Há que entender de uma vez por todas que o senhor é uma personalidade complexa.
Por isso eu o amo, por isso lhe prometi um rim em caso de necessidade e por isso, às vezes, o mando à merdinha sem rancor.

lipemarujo - os marujos são homens que andam no mar... e os que andam no ar? São araújos... ahahhaha.

ps- quanto às duas convidadas do artigo anterior há que dizer que não deixava de receber nenhum amigo por causa delas... mas ficava ougadinho. A Pamela e a Carmen representam para um adolescente da década de 90 um patamar de fantasia equivalente ao paraíso. Erradamente eu sei, mas não há como escapar, os homens são assim. Uns exorcizam a fraqueza nos blogues, outros na cama com elas.

domingo, abril 26, 2009

a ausência

A notícia de que o no man vai estar ausente mais uns tempos deve ter apanhado toda a gente de surpresa. Sei de relatos que muitas velhinhas desmairam e que muitas moças se atiraram da ponte. Nos homens provocou tristeza e nos animais desnorte. Aliás, temo que com isto, o mundo nunca mais será o mesmo. A ausência do homem que não é uma ilha é o primeiro sinal do apocalipse.

Fico eu aqui com duas convidadas e sem grandes ideias do que lhes fazer...

sábado, abril 25, 2009

Uma no cravo, outra na ferradura



My life needs a REVOLUTION!

Estarei ausente do blogue por mais uns tempos.
Desde já as minhas desculpas.

quinta-feira, abril 16, 2009

nomanisanisland

Estive com ele ontem e posso afirmar que está com o cabelo mais ao menos assim.

lipemarujindo

sexta-feira, abril 03, 2009

floristas

Agora é mesmo verdade, o homem que não é uma ilha telefonou-me ontem. O rapaz afinal não tem carunchos nas mãos, é mesmo o padecer da doença de falta de tempo que lhe ataca os horários e o impede de cá passar. Propus-lhe que mudasse o nome para no time to be a man. Acho que recusou.
Mas bom, tirando a enfermidade inata o resto está tudo bem. Virá a Portugal em breve e promete escrever todos os dias no blogue... mentalmente. Mas eu assegurei-lhe que não haverá problemas aqui no SAGA, estou cá eu e trato bem da casa. Que não é minha como me fizeram notar mas isto é como tudo, no fim de contas, não há rosa sem espinhos... a não ser já nas floristas.

A minha fotografia
Nome:
Localização: Ireland

"O mito é o nada que é tudo/ O mesmo sol que abre os céus/ É um mito brilhante e mudo..." Pessoa. Assim sou eu...

Powered by Blogger