segunda-feira, janeiro 29, 2007

"Something is rotten in the [United] Kingdom (...)"



"Police forces across the UK have lost track of the whereabouts of 322 convicted sex offenders, a newspaper has reported."
This is one of the many headlines we could read last week in British newspapers. We all know the reputation of British press and many would also know that the paper that carried out this investigation is far from being one of the most reliable.
Anyhow, I think it is worth to remember that the Portuguese system is not the only to face hardship, not that it is too comforting...
I quote from the BBC news website:
"[Sex offenders] are required to inform police and probation officers of their addresses. Released sex offenders are supposed to be monitored by officials working under Multi-Agency Public Protection Arrangements (MAPPA).
But according to the News of the World, registered sex offenders - including rapists and paedophiles - have used a loophole in the system allowing them to register vague addresses in order to disappear.
Last year, one paedophile who breached register conditions was allowed to give his address as "woods" after moving from 'a tent near Guildford leisure centre', the paper claimed.
"In the UK we have one of the most advanced systems in the world for monitoring and managing dangerous offenders." (John Reid, Home Secretary)

The minister was also criticised for writing to judges asking them to jail only the most dangerous and persistent offenders, to ease prison overcrowding, but Mr. John Reid said he was merely re-stating existing guidelines.

A judge has said he had to bail a paedophile rather than remand him in custody because of overcrowded jails.

[The paedophile] admitted three offences of causing a person under 16 to engage in sexual activity without consent, and one of sexual activity with a child under 16.
He was arrested after complaints were made about his sex activities with a teenage boy at a house in Torquay.
He has previous convictions for sex offences against young boys and admitted to police that he had "a problem with children", and was "attracted to young boys".
I don't know about you, but I found this outrageous! As well as that, the fact that judges wear these silly wigs. What kind of authority does it confer to them!??!

Apparently, army bases and ships are to be used to "solve" the problem of overcrowded prisons.

domingo, janeiro 28, 2007

O futebol que temos


Quero começar por lamentar o título negativista e "bota-abaixo".
Este fim de semana disputou-se mais um jogo para a Liga Bwin em Portugal, entre o FC Porto, primeiro classificado, e a UD Leiria, agora quarta classificada. A jogar em casa, a UDL venceu o FCP por 1-0. Contudo, interessa-me aqui destacar o facto de no Estádio Dr. Magalhães Pessoa terem estado presentes 3385 espectadores. "Não vou censurar" tal facto, até porque acho que foram demasiados espectadores. Pelo que sei, o estádio foi construido "para" o Euro2004, tem boas condições e uma capacidade para 24000 pessoas.
Pelo menos uma de duas coisas tem que mudar em Portugal para que se possa "exigir" mais participação do público nos estádios: acabar com a corrupção e joguinhos de bastidores, e começar a jogar-se futebol de qualidade. Num mundo ideal, pedia-se que ambas acontecessem, e isso deve ser exigido, mas ficaria contente ao ver uma delas acontecer.
Não vou sequer avançar com outros factores que por vezes vêm camuflar os já citados,ainda que pertinentemente, como a estrutura do campeonato, o facto de os jogos serem transmitidos na TV, os preços dos bilhetes,etc.
Vou só partilhar com os leitores que fui ver o jogo entre o Arsenal FC, quarto classificado, e o Manchester United FC, primeiro classificado. No Emirates Stadium em Londres, o Arsenal marcou 2 golos nos últimos 10 minutos do jogo para levar de vencido o Man United por 2-1. Haveria muito mais a dizer sobre o jogo e mais vídeos para partilhar, para se ter uma noção mais concreta do que foi a atmosfera no estádio,mas a falta de tempo e a minha internet lenta não permitem. Lembro só que a capacidade do estádio é de 60.000. O número de espectadores no dia pode ser visto acima.
E agora há aparentemente uma cura milagrosa para o futebol português: "Taça da Liga"!
Louve-se o facto de ter sido anunciada como uma medida de potêncial económico, não sei se chagará a ser isso sequer, mas é ainda cedo para criticar...

sexta-feira, janeiro 19, 2007

"I was driving and then it was two weeks later and I was in Leeds (hospital)," he said.



Following this post in my blog last October, and for those interested, it was revealed that the Top Gear presenter Richard Hammond will be back to the programme (that was put on hold until now), on the 28th October, same time, same place (BBC2, 8pm). If I may remind you, this guy crashed a jet-powered car at 463 km/h while filming for the show.
He suffered a brain injury, but recovered phenomenally with only memory loss to worry about.
The Top Gear magazine of this month shows some impressive pictures of the accident, and the actual footage of the accident is due to be aired on the programme of the 28th.
He said himself:
"I had post-traumatic amnesia, five-second memory, it happens as a result of brain injury."
"In hospital I was completely useless. I'd look at the menu and order my favourite, cottage pie."
"Five minutes later it arrived and I said that's great, it's my favourite, how did you know?"
Nevertheless this man went on to drive a powerful motorbike the day after doctors gave him the all clear, and said:
"That’s why I ride a bike. I can come out of a TV studio or the big meeting doing grown up stuff but the moment I get on a bike I’m exactly the same person I was 15 or 20 years ago."
I actually agree, in a way; but as I normally say referring to F1 drivers, "You are either too brave or too stupid to drive a Formula 1 car". The same probably applies to Richard...
Welcome back!
*Quotations from different websites.

quinta-feira, janeiro 18, 2007

PARABÉNS


Para aqueles que não sabiam, uma minoria, aposto, o SAGA celebra hoje o seu primeiro aniversário. Fica aqui o obrigado aos leitores mais e menos fiéis, em especial à nocas que me incentivou e inspirou a entrar nestas aventuras bloguistas que até então considerava uma moda "shallow".
Aqui fica o poema que a madrinha Andrea me "dedicou" nos meus anos...


Procurei no dicionário,
Com paciência e cuidado,
O real significado
Da palavra aniversário.
Aquele livro pesado,
Mestre dos visionários,
"Pai dos burros", batizado,
Pareceu-me sectário,
Ao responder meu chamado.
Deveras decepcionado,
Joguei o meu dicionário
Na estante, empoeirado,
Para pregar, solitário,
O meu significado
Da palavra aniversário.
Diz assim, o verbete lendário,
Ontem, por mim criado:
"Aniversário: Espécie de relicário,
Muitíssimo bem guardado
Nas folhas do meu diário,
Dos versos que eu escrevi,
Com todo amor, e não li,
Durante o ano passado.

Carlos Drummond de Andrade

Medhat El-Safado


Esta era a noticia que se lia no site da BBC Sport em Novembro de 2003.
Ruptura de ligamentos num treino, três operações, e nada de recuperação. Appleton tinha ainda anos de carreira pela frente, e apesar de ter deixado o Manchester United para clubes bem inferiores, parecia ter qualidades. As operações foram o resultado de maus conselhos e a carreira dele ficou por ali...

Nao sei se estão lembrados deste amigo, eu já só de nome e mal. Michael Appleton, médio, jogava no West Bromwich Albion, estava o clube na altura a lutar para subir à Premiership e pelos vistos foi mal aconselhado por um cirurgião (Medhat El-Safty). O clube não foi atendido em tribunal na sua intenção de receber uma indemnização pelo sucedido, por o "contrato" da operação ter sido entre o jogador e o cirurgião, e não com o clube. Agora é o próprio jogador que com os testemunhos de Alex Ferguson, Gary Neville e Ryan Giggs a dizerem que ele era pouco menos do que o Maradona da época em Inglaterra, tenta conseguir uns cobres jeitosos. Pelos vistos é só uma questão de quanto, já que o próprio médico admitiu que realmente aquilo era um caso para fisioterapia.

Mas o que eu pergunto, é quantos "Appletons" não andam por aí sem "tusto" para processarem alguns carniceiros da nossa praça? O Mantorras, tem razões de queixa?
Eu tenho! Devia processar o meu clube de hóquei em patins por causa da cifose que me "ofereceram" e que pode vir a ter efeitos mais nocivos no futuro do que a actual má postura e os 5 ou 10 cm a mais que devia ter (de altura!E quem sabe, poderia passar para o basket!) Também o amigalhaço que operou o meu tornozelo (vulgo, artroscopia) devia dar-me pelo menos o Mercedes que conduz, para tentar amenizar o lindo serviço que me fez!
A moda de processar por tudo e por nada está quase tão presente pelo Reino Unido e Irlanda como a que se conhece dos Estados Unidos. Essa parte também está mal, e há que encontrar o meio termo. Há médicos a gastarem o dinheiro de todos nós em exames profiláticos para pessoas com uma simples constipação, com medo de que seja algo mais (altamente improvável) e acabem por ser processados. O mesmo se passa com os professores que se começam a recusar a levar os alunos a visitas de estudo com os mesmos receios. Aqui montes de pais processaram escolas primárias, etc., pelas coisas mais estúpidas, tipo o miúdo chegar com um arranhão na cara!
Perdoem-me se me alargo e divago, mas acabo com uma citação da Wikipedia, no link acima sobre cifose:
" As meninas com mamas muito grandes também adotam uma postura cifótica com o objetivo de escondê-las." Lindo...

Idependentemente do que quer que seja...:"What would happen if Scotland achieved its independence?"



Ha quem ande a fazer futurologia noutros blogues. O SAGA segue a tendencia, mas para perguntar se sera em breve possivel ver um Reino Unido dividido. Comeca-se pela Escocia e quem sabe a Irlanda do Norte, um dia...nao digo que esteja contra ou a favor! Nestas coisas tenho que manter-me neutro por medo de represalias, mas como me apetecia dizer umas verdades e abanar umas pessoas...
Um dia, quando a etiquetizacao das pessoas abrandar por aqui!
Sim, porque este blogue e lido por milhoes, incluindo paramilitares!

"Professor-tutor" my ass!



E que tal se copiassemos o que corre bem noutros paises, sim senhor, devidamente adaptado a realidade nacional, e nos deixassemos de mariquices, mantendo o que esta bem?! Nos la temos instituicoes de ensino superior a preparar "professores-tutores"? Sera isto uma medida para afunilar ainda mais a carreira docente?! Julgo que com esta medida mais professores ficariam desempregados, e lembremo-nos que o ratio professor/aluno em Portugal nao e nada famoso. Criem-se infrastruturas, invista-se na massa humana, e "um dia destes" teremos um pais pronto para olhar em frente. Sim, na Irlanda do Norte os alunos tem um so professor durante sete anos que e o que dura a escola primaria aqui, mas a estrutura e completamente diferente. Em Portugal, pelo que me parece, fala-se sempre em todos os sectores da necessidade de "reformas de fundo", e as coisas nunca passam de uma manta de retalhos mal cosida. Uma casa comeca a fazer-se pelos alicerces (sim, sei que agora com as tecnologias nem sempre), que no caso me parece ser a formacao de quem vai formar . Que tal o modelo irlandes,sim, no que toca a autonomia das escolas, com prevencao contra compadrios, com um professor a ser seleccionado pelo seu CV e competencia profissional e nao tratado como um numero estupido? Que tal acabar com casos de professores com mais anos de servico,etc. a "dormirem a sombra da bananeira" com uma medida coerente, justa e consequentemente, julgo, menos polemica?
E ja agora, sim, ha um choque na transicao de um professor para 10. Mas sera muito diferente adiar esse choque na vida de uma crianca por mais dois anos? Aqui isso acontece aos 11 anos. E ja agora, a primaria (para usar o termo antigo) comeca aos 4 anos. Sim, tambem e um choque, mas ninguem morre...
Eu tambem fiquei chocado ao saber que o Porto perdeu para a Taca, e nem por isso morri! Alias aproveito a oportunidade para relembrar que o meu clube e o grande SC Braga que ainda esta na corrida!;)

terça-feira, janeiro 09, 2007

Sadd(o)am


28.04.1937 - 30.12.2006

Apesar de "fora de horas", não podia deixar passar em claro.
Com um bocado menos de cabelo e mais barba (entre outras semelhanças menos físicas), era o Mesquita Machado.
A que ricas aberrações assiste este século XXI...esperavam ao menos a ver se o homem caia da cadeira!E já que é olho por olho, cadeira eléctrica para os "ex-amigos" de Saddam que mandam no "estaminé" que é o mundo. Melhor, sou contra essas merdas; apodreçam na prisão depois de um julgamento a sério! E muito trabalhinho comunitário...

A minha fotografia
Nome:
Localização: Ireland

"O mito é o nada que é tudo/ O mesmo sol que abre os céus/ É um mito brilhante e mudo..." Pessoa. Assim sou eu...

Powered by Blogger